Diocese de Viana homenageia Dom Xavier pela passagem dos seus 80 anos

Viana – A última segunda feira, 16, foi um dia histórico na Cidade dos Lagos. A comunidade católica homenageou o Bispo Emérito da Diocese de Viana, Dom Xavier Gilles, com missa em ação de graças pela passagem dos 80 anos de vida do religioso.


Presentes na solenidade os bispos Dom Sebastião (Viana) Dom João Kot (Zé Doca); Dom Sebastião Coelho (Coroatá); Gilberto Pestana de Oliveira (Imperatriz); Dom Hélio Câmara (Pinheiro); Dom Gabriel (Floresta – Pernambuco); Padres das paroquias de Coroatá, Bela Vista, Matinha, Igarapé do Meio, Bacurituba, Pindaré-Mirim, Buriticupu, Alto Alegre do Pindaré, Vitória do Mearim, Miranda do Norte, Centro do Guilherme, São Vicente Ferrer, Penalva, Conceição do Lago-Açu, Viana, Santa Luzia, Bom Jesus das Selvas, Central do Maranhão, Jacaré e dos Estados de Goiás e Pernambuco.

A missa foi presidida por Dom Xavier, ex Bispo da Diocese de Viana (1998 a 2010) e, depois da sua renúncia, nomeado bispo Emérito de Viana pelo Papa Francisco.

Durante o ato religioso, Dom Xavier recebeu inúmeras homenagens dos bispos, padres e cidadãos da comunidade que enalteceram a oportunidade de conviver e aprender os ensinamentos do religioso francês.


A Academia Vianense de Letras – AVL, por meio do acadêmico José Raimundo Santos, proferiu uma saudação ao Bispo Emérito de Viana, em nome dessa agremiação cultural.

Momento descontraído. criança caracterizada de bispo entrega uma placa comemorativa e faz uma “bênção” simbólica em Dom Xavier, arrancando risos de todos.
Dom Xavier reparte o bolo no Centro de Treinamento

Em seguida foi oferecido um almoço no Centro de Treinamento, no Largo da Matriz, com direito a bolo e parabéns ao homenageado.

BIOGRAFIA

Nascido em Samur, na França, a 16 de março de 1935, Xavier Gilles de Maupeou d Ableige, depois de concluir os estudos secundários, ingressou na Escola de Oficiais da Reserva da Cavalaria, de onde saiu como aspirante. Durante sua carreira no exército, ele foi mandado para fronteira da Argélia com a Tunísia e posteriormente transferido para frente de batalha da guerra da Argélia, de onde saiu gravemente ferido.

No dia 30 de junho de 1962, Dom Xavier ordenou-se padre na sua cidade de origem. Aos 27 anos, ele aceitou o convite para trabalhar como missionário no Brasil. Em São Luís foi vigário das paróquias do Monte Castelo e do Bairro de Fátima entre os anos de 1964 e 1967. Também exerceu a função de assistente eclesiástico da Juventude Operária Católica (JOC) do Maranhão.

Atendendo ao apelo de dom Paulo Ponte, então arcebispo de São Luís, transferiu-se para o interior, onde atuou como pároco de São Benedito do Rio Preto e de Urbano Santos no período de 1968 a 1979. Em 1971, em plena vigência do regime militar, foi preso sob acusação de prática comunista.
Graduou-se em Filosofia pela Universidade Federal do Piauí e em Direito pela Universidade Federal da Paraíba. Mas foi na organização dos trabalhos das Comunidades Eclesiais de Base e no comando da Comissão Pastoral da Terra que dom Xavier ganharia maior visibilidade, com forte atuação em defesa dos menos favorecidos. Em 1995 foi nomeado bispo auxiliar da Diocese de São Luís, função na qual permaneceu até 1998, quando recebeu a designação para assumir a Diocese de Viana.
Como bispo de Viana sempre demonstrou preocupação com as injustiças sociais e fez inúmeras gestões para melhorar as condições de vida das populações.
BISPOS DE VIANA-MA
5º Dom Sebastião Lima Duarte (2010) Atual
4º Dom Xavier Gilles de Maupeou d’Ableiges (1998-2010) Bispo Emérito
3º Dom Frei Adalberto Paulo da Silva, OFM Cap (1975-1995)
2º Dom Francisco Hélio Campos (1969-1975)
1º Dom Hamleto de Angelis, MSC (1963-1967)
Mais alguns momentos:

Irmã Maria Cristina Rodriguez prestando homenagem ao Bispo Emérito


Com informações da Diocese de Viana

Deixe uma resposta